Histórico

Situada à rua D. Pedro nº 134, no centro de Braço do Trombudo, telefone (0xx)47 35470009, e-mail eebadolfob@sed.sc.gov.br, a Escola de Educação Básica Adolfo Böving conta atualmente com 336 alunos e 23 funcionários.

Anos 50

Segundo depoimento de professores e moradores mais antigos deste município, na década de 50 instalou-se nesta localidade a Indústria e Comércio Germano Schroeder, tratava-se de um grande frigorífico, o maior do Alto Vale do Itajaí. Esta indústria empregava cerca de 50 (cinqüenta) famílias. Seus proprietários, senhores Heinz e Ervino Schroeder, preocupados com os filhos de seus funcionários, dos quais boa parte encontrava-se fora da escola devido à dificuldade de locomoção, visando a distância em que se localizavam as escolas e aliando isto às dificuldades de transporte existentes nesta época, propuseram-se em fundar uma escola nas proximidades de sua indústria.

Em 1955, com muito esforço, esses senhores improvisaram a instalação de uma escola num galpão, este se localizava ao lado da Capela são João Batista, no centro desta localidade. Denominou-se Escola Mista Municipal Germano Schroeder, nome que homenageou o pai de seus fundadores. Neste ano aconteceu a primeira reunião, mais precisamente no dia 28 de maio, com o objetivo de formar a primeira Diretoria do caixa escolar e Círculo de Pais e Professores. Ficou decidido que esta diretoria permaneceria pelo período de um ano.

Em 22 de julho de 1958 Trombudo Central desmembrou-se do município de Rio do Sul, tendo como primeiro prefeito o Sr. Heinz Schroeder. Mais uma vez, preocupado com a educação da localidade de Braço do Trombudo, mais precisamente com a clientela que freqüentava a escola fundada por ele e seu irmão, que nestas circunstâncias encontrava-se mais numerosa, buscou verba junto ao governo do estado, governador Celso Ramos para construir uma escola que pudesse atender a contento as necessidades daqueles educandos. Para satisfação dos moradores bem como de toda a comunidade, o sonho tornou-se realidade, o governo concedeu a verba para a construção da nova escola.

A construção da escola contou com a colaboração da comunidade. Foi construída num terreno medindo aproximadamente 2.723 (dois mil e setecentos e vinte e três) m2, doado pelo Sr. Edmundo Teske.

Anos 60

Em 1962 a escola passou para dependência administrativa do Estado, passando a se chamar Escola Estadual Braço do Trombudo km 18.

Com o crescimento da população, a escola foi tornado-se pequena, houve então a necessidade de uma nova construção. Por volta de 1966, com verba recebida do governo do Estado e com o empenho da diretoria e comunidade construiu-se no mesmo terreno uma outra escola, esta composta por duas salas de aula, um compartimento para biblioteca e outro para sala dos professores.

Anos 70

Em 1976, a escola recebeu pela primeira vez do governo do estado, livros destinados ao uso exclusivo dos alunos e neste mesmo ano, havia também o concurso da escola mais bonita, trabalho acompanhado pela ACARESC.

Em 1977 começou com maior ênfase a tratar-se de assuntos referentes à compra de um terreno ao lado da escola, haja vista a necessidade de aumentar a mesma e construir uma quadra esportiva.
No dia 18 de julho de 1977, reuniram-se numa das salas da Intendência Distrital, lideranças políticas e demais membros da comunidade com o objetivo de escolher um nome para a escola básica, a qual passaria a funcionar a partir do próximo ano. O nome foi através de eleição direta, foram para votação os seguintes nomes: ADOLFO BÖVING, OSCAR SCHAADE, GERMANO SCHROEDER, D. PEDRO, BRUNO PLASTER, SOFIA BAADE, JULIO KNAPPMANN, OTTO HOLLER, CARLOS VOIGT e GENI TESKE. O mais votado foi o nome do Sr. Adolfo Böving, com a quantia de dezessete votos.

O nome escolhido homenageou o Sr. Adolfo, devido ele ter sido um dos pioneiros desta localidade, o mesmo chegou ao Brasil em 1900.
Em 1978, a escola Básica Adolfo Böving foi aprovada pelo parecer número 36/78 de 21 de março. Esta instituição contava neste ano com as seguintes dependências: um gabinete para a direção, um compartimento para a secretaria, uma área coberta para recreação, um corredor coberto, instalações sanitárias adequadas em número suficiente, bem como área livre para recreação.

Como primeira diretora teve-se a Sra. Judit Clauberg e como secretário o Sr. Ademar Bodemüller.

Aos 21 de agosto de 1979 aconteceu a primeira votação para compor o Centro Cívico Escolar, composta por: Presidente – Adelino Coelho, Secretário – Astrid Krenzlin e tesoureiro -Rosely Umbelino. Esta associação tinha como objetivo unir alunos, comunidade e escola participava ativamente de campanhas, festas, homenagens, rifas, etc…

Anos 80

Neste ano também aconteceu a inauguração da quadra de esportes, construída com recursos arrecadados pela A.P.P. e comunidade.
Em 1981, formou-se a primeira turma de alunos na 8ª série, composta por 35 alunos.

Em 1982 houve mudança na direção da escola, passaram a administrá-la: Diretora – Ana Arnold, Auxiliar de direção – Doraci Barcelo da silva e Secretário Ailson Samagaia.

Nesta época o estado não contratava servente ou merendeira, então, a direção conscientizou a comunidade escolar quanto a importância e necessidade de poder contratar uma pessoa para prestar o trabalho relativo à limpeza e merenda escolar. A A.P.P. juntamente com os pais concordaram em pagar uma pessoa, houve um período destinado as inscrições para o referido cargo e mais tarde, em reunião, foram colocados os nomes de todas as inscritas para votação, vencendo a Sra. Elfrida Fronza.

No ano de 1983 a escola sofreu enormes danos em função das enchentes, esta teria que passar por uma reforma completa. Houve grande empenho da comunidade e APP para solucionar o problema.
Usando todo o dinheiro arrecadado por meio de promoções, rifas, doações e inclusive ajuda prestada pelo deputado Heitor Sché, finalmente no ano de 1985 deu-se início a tão necessária reforma, incluindo nesta, drenagem do córrego, reforma da parte administrativa cozinha, salas de aula e outras.

Em 18 de maio de 1985, a comunidade esteve reunida para em assembléia geral votar a nova diretoria da APP, data em que ficou decidido que a partir de então as diretorias eleitas prestariam serviços à escola por dois anos. O presidente eleito foi o Sr. Osmar Tribess. Foi nesta mesma data que a escola através da A.P.P. contrataria a primeira servente paga pela Secretaria da Educação.

Ainda no decorrer deste ano, direção, A.P.P. e comunidade decidiram por construir uma nova escola, tendo em vista os altos custos da reforma daquela. Primeiramente houve a necessidade de ampliar o terreno, este foi comprado do Sr. Amadeu Hercílio da Silva, medindo 7.000 metros quadrados.

Ainda em 1985 deu-se início o trabalho de drenagem para solucionar os problemas causados pelas águas pluviais. Este contou com verba recebida da Secretaria da Educação e com recursos arrecadados pela A.P.P.

No final deste ano aconteceu a primeira eleição para diretor de escola, sendo que a Sr. Ana Arnold permaneceu no cargo, tendo esta recebido o maior número de votos.

Em 1986 foi construída a nova escola, esta com uma área de 1.176 m, contendo oito salas de aula, recreio coberto, quatro banheiros, dois chuveiros femininos, banheiro especial destinado a pré-escola, uma sala com banheiro para exames biométricos e dentista, uma secretaria, sala do diretor, dois banheiros para os professores, biblioteca e uma quadra de esportes.

Este ano marcou também o início da montagem do processo de implantação do curso de 2º grau, este a pedido e necessidade da comunidade escolar, tendo em vista que a maioria dos alunos que concluíram o 1º grau, não davam continuidade aos estudos devido as dificuldades de se locomoverem até o município vizinho.

O curso solicitado não possuía formação técnica específica, mas sim parte de formação geral e parte do curso com área ocupacional em agricultura, o qual o tornou bastante interessante, pois visou fixar o homem ao seu meio rural.

Em 1987 foram concluídas as obras pertinentes à nova escola. Neste ano a escola passou a oferecer em sala apropriada e devidamente equipada, a educação pré-escolar, teve como sua primeira professora Ana Maria de Oliveira.

Efetuou-se no decorrer do corrente ano a eleição para a nova diretoria da APP, sendo mais uma vez eleito o Sr. Arnoldo Rinnert para ocupar o cargo de presidente.

No ano de 1988 houve a contratação de uma merendeira efetuada pela APP e paga pela secretaria da educação. Esta funcionária já existia na escola, sendo paga até então com recursos da própria escola e auxilio do Sr. Arnoldo Rinnert.

Neste ano aconteceu a troca da direção da escola e também da A.P.P. O Sr. Ailson Samagaia passou a ser o diretor da unidade escolar e o Sr. Rolf Roeder o presidente da A.P.P.

No dia 23 de novembro de 1989 ocorreu a aprovação do 2º grau, pela portaria 03/84/89. Esta unidade escolar passou a denominar-se Colégio Estadual Adolfo Böving.

Anos 90

No início do ano de 1991, esta unidade escolar teve uma nova direção, composta por diretor Silvio Ceolin e secretária Nilza coelho, os quais permaneceram na direção durante um curto espaço de tempo. Tiveram como sucessores o diretor Charles Silveira e a secretária Paulina Rengel, mais tarde a secretaria ficou sob responsabilidade de Rosilene Floriani Becker.

Em 1995 a escola foi informatizada, recebeu da secretaria da educação um computador, no qual seriam armazenadas e processadas todas as informações pertinentes a alunos e professores. Esse computador foi instalado na secretaria do colégio, com uso único e exclusivo da direção e secretaria.

Em 1996 foi construído pela Secretaria de Estado da Educação em convênio com a Prefeitura Municipal um ginásio de esportes para a prática de educação física. À noite e durante os finais de semana era utilizado pela comunidade em geral.

Neste mesmo ano o Colégio Adolfo Böving sofreu uma reforma, na qual foi feito o piso de granitina, o pátio coberto, muros e garagem coberta, além disso foi efetuada a reforma no assoalho das salas de aula, no piso da cozinha, bem como da parte administrativa e pintura de toda a unidade escolar.

No ano de 1999 houve troca na direção escolar, sendo a nova diretora Paulina Rengel. Aconteceu a criação do primeiro Conselho Deliberativo, envolvendo professores, alunos e pais. A direção e professores elaboraram no final do ano letivo o P.P.P., o qual foi aprovado pelo Conselho Deliberativo.

Após 2000

A partir de 2000, esta unidade escolar passou a se chamar: E.E.B. Adolfo Böving. O ensino médio passa a ser semestral: 1ª fase, 2ª fase, 3ª fase, 4ª fase, 5ª fase e 6ª fase, sendo implantado gradativamente.

Ao final de 2002 uma grande enxurrada alagou a escola causando grande destruição.

No final de 2003 novamente a escola foi alagada, causando mais uma vez destruição.

Em 2003, estavam na direção a Sra. Irene Maria Seifert e como secretário o Sr. Osni Will, em 2005 passou a ser secretária a Sra. Ketlyn Neu Preilipper. Neste período com recursos do Governo do Estado foi realizada reforma parcial do prédio com colocação de piso em todas as salas, pintura interna, troca de quadros e mobília nas salas de aula e reconstrução dos muros e reforma das cercas. Também foi um período de empenho dos professores e comunidade para aquisição de livros para a biblioteca.

Em 2006 assume nova direção, contando esta com o Senhor Osni Will. Neste ano adquiriu-se uma televisão 21 polegadas, teve-se a contratação de novos funcionários por concurso público, sendo eles o assistente técnico-pedagógico e o assistente de educação. Durante o ano de 2006 e 2007 foram adquiridos também com muito esforço os trajes para a fanfarra e infelizmente em decorrência de três enxurradas seguidas o ano letivo de 2007 teve atraso de três dias.

Durante todo o ano de 2007 uma série de reformas e construções foram realizadas: uma passarela em direção ao ginásio de esportes para a prática de Educação Física, novos banheiros inclusive com acesso para deficientes físicos, bem como uma nova cozinha, um refeitório e a instalação e organização do laboratório de informática.

Um comentário em “Histórico

  1. Pingback: Os números de 2010e « EEB Adolfo Böving – Blog

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s